Terceira Automóvel Clube

Notícias

Karting – Califórnia, E.U.A. - Miguel Brasil segue vocação familiar…

Segunda, 18 Julho, 2005 <br />
<b>Notice</b>:  Undefined variable: nome in <b>/home/taccom/public_html/noticias/ver.php</b> on line <b>39</b><br />

Para quem, nos idos anos 70, estava ligado aos automóveis na Terceira o apelido Brasil tinha tudo a ver com rodas e motores. O Pai, Sr. Guilherme Brasil, era o Chefe geral da antiga �Auto Avenida�, onde também trabalharam os dois filhos mais velhos. O João Ilídio como mecânico, ele que foi o proprietário do mítico �Mr. Bill� � o primeiro carro a ostentar o emblema do que viria a ser o T.A.C.-Terceira Automóvel Clube � e de um dos carros mais bonitos que fez ralis por estas bandas, o Lancia Fulvia HF. E o Rui Natal, que trabalhou no escritório da firma, e que se viria a notabilizar como piloto de ralis depois da família rumar à Califórnia, terra onde conseguiu resultados de vulto e onde evoluiu com máquinas de grande qualidade, como foi o caso do Audi Quattro S2, uma �bomba� da marca germânica e onde chegou a ser navegado pelo filho Ryan. Os dois rebentos mais novos do �clã� também seguiram a via dos volantes e engrenagens, e se o Gulherme apenas fez uma prova de perícia na sua Terceira natal (lembram-se de um Audi 80 branco?...), já o mais novo de todos, o Vítor, participou em três ralis entre 1984 e 1985, curiosamente sempre com carros diferentes (Citroen Visa Super X � o mesmo que venceu o 1º Rali Sical pelas mãos de Joaquim do Carmo -, Datsun 1200 e Ford Escort RS) e tendo levado a seu lado o Manuel �Bacalhau� e o Jorge Monjardino. Tudo isto depois de dominar durante alguns tempos o embrionário Motocross local, cujas provas na Caldeira do Monte Brasil ainda são recordações gratas e de belo efeito visual. De uma forma ou de outra todos eles continuaram ligados ao desporto automóvel e nenhum se coibindo de participar em competições do outro lado do Atlântico. Refira-se ainda que a oficina original da família em San José da Califórnia tinha no nome a origem familiar: �Angrauto Service�, e apresentava nos cartões comerciais o Fulvia do João Ilídio em bonito salto nas saudosas lombas do �velho� Barro Vermelho. E todo este historial para referir mais um nome da mesma rama e que, comprovando a máxima em que �Filho de Peixe sabe nadar�, começa já aos cinco anos de idade a ver a carreira começar. O Miguel de Sousa Brasil é filho do Vítor Brasil e da Madalena, minha vizinha de frente da porta até irem para os �States�, e completou a referida idade a 8 de Março deste ano. Como tal está agora a disputar um Campeonato de introdução ao Karting cujas provas têm lugar no �Fair Grounds Park�, em Stockton, tendo corrido pela primeira vez no passado dia 2. O campeonato, de doze provas, foi iniciado pelo Miguel com seis delas já decorridas e a estreia, onde integrou a classe dos 5 aos 8 anos correu pela melhor forma com os adversários da mesma tenra idade a ficarem nas posições seguintes. Vistas as fotos da corrida e pode-se adivinhar a animação reinante entre todos aqueles �projectos� de piloto, cujos pais, verdadeiros �Team-Manager�s� em acção, não perdem pitada da preparação e andamento dos seus rebentos. A próxima prova em que correrá o Miguel Brasil é no dia 6 de Agosto mas, para as estatísticas, a primeira taça já está em casa. Depois de Derek Lopes Jorge este é mais um descendente de terceirenses a dar os primeiros passos no desporto automóvel do outro lado do Atlântico� Autor: Miguel de Sousa Azevedo (no Porto) Foto: Direitos Reservados (Miguel Barsil em estreia no Karting)

Ver todas notícias

Bem vindo ao novo portal do Terceira Automóvel Clube! Fundado em 26 de Maio de 1975, este é um clube que promove o desporto motorizado, mas também outros desportos não motorizados como natação, basquetebol, futsal, voleibol e ténis de mesa, bem como outras vertentes da sociedade terceirense, sendo por isso, uma Instituição de Utilidade Pública de olhos postos no futuro.